Newsletter

Cadastre-se e receba nossas novidades em seu e-mail !

seu nome

seu e- mail


Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
21/08/2013 às 15:06
EXCLUSIVO Cardia critica Direitos Humanos e diz sofrer perseguição e ameaça

 

O VEREADOR ACUSA  O EX-VEREADOR JUNINHO DO AVISO  DE PERSEGUI-LO PARA OCUPAR SEU LUGAR  NO LEGISLATIVO

 

 O vereador Cardia denunciou  duramente a Comissão dos Direitos Humanos em Linhares “ por criticar com severidade práticas criminosas que não procedem e não ser de  competência deles , ao  passo que famílias desamparadas por criminosos, como o caso Braúlio, do bairro Aviso, nem lá vão ver se seus familiares estão passando por necessidade”.

 E quer ainda apuração rigorosa para saber quem executou Bráulio do Aviso .

 “Não vi o pessoal dos Direitos Humanos questionar quem mandou executar o Bráulio . Não adianta correr atrás de direito de bandido, quando pessoas de bem foram assassinadas e seus familiares passam por dificuldades de sustento. Tá tudo errado e isso é uma vergonha ” .

 PERSEGUIÇÃO -  Cardia  disse que “está sendo uma pessoa bastante perseguida” . “ Sou vereador e por incrível que pareça o meu suplente, o Juninho do Aviso , o irmão e a esposa dele, que é presidente do Conselho Humanos em Linhares , entraram com vários pedidos de cassação de meu mandato no Legislativo e na Justiça”, disse ele.

 Segundo Cardia, há alguns dias “ o meu filho, de treze anos, sofreu uma queda de bicicleta e foi justamente o irmão do Juninho do Aviso quem levou essa criança   para o Forum e o Comando da Polícia Militar . E a esposa de Juninho levou a criança ainda para fazer perícia no DML foi a esposa de Juninho, que entrou com pedido de cassação na época e perdeu. Mas quem me acusa de agredir uma criança de treze anos são os mesmos que tentaram me  caçar”.

  “ Como não tenho bom relacionamento com a mãe dessa criança está mais caracterizado o complô, a baixaria . A comunidade linharense se organizou em meu favor e não tenho nem como agradecê-la . E cabe agora a polícia apurar se bateu, se apanhou e quem foi quem bateu . Agora estão dando assistência jurídica a mãe da criança, já que não nos damos muito bem”, disse .

  Questionado se estaria com proteção policial , o parlamentar disse que sim, “mas a de Deus”. “ Sou um bom homem, um cara simples, humano, gentil, carinhoso e não preciso de proteção policial. Quem  está precisando de proteção da polícia é meu povo . Eu gostaria que a polícia investigasse o mais rápido possível o que fizeram a essa criança e quem foi”,  pediu .

BANDIDOS – “ Lugar de bandidos é na cadeia. Passou da hora do pessoal do Juninho do Aviso parar de perseguir como perseguem o pobre e coitado do  Renato Rangel . Perseguiram ainda o saudoso e inesquecível Juca Gama. Então tá na hora de colocar esse povo no lugar que eles merecem”.

 

 

 

 

Veja mais sobre Política [+ notícias]

Edição da Semana

Classificados

Os melhores imóveis de Aracruz e região você encontra aqui!